Da pedra lascada ao mini acelerador de particulas!

Posts marcados ‘carreira’

Iniciando no mundo da programação (dicas)

Olá caro futuro colega aspirante a programador… neste post eu tentarei dar algumas dicas sobre trabalho, mercados, vida in-work (cabei de inventa isso eu acho… heheheh) e diversas coisas relativas a qualidade do seu trabalho…

Bem… vamos ao trabalho!

1 – Do conhecimento

Certa vez ouvi de um professor: “Você tem sempre que estar preparado pra esquecer tudo que você aprendeu e começar do zero em algo novo”

E realmente isso vai acontecer com você não adianta ficar ai estudando e se tornar um expert em PHP ou ASP por que um belo dia seu chefe chegará e falará: “Cara… você vai trabalhar com Python!”. Pronto… caiu o mundo! hehehehehe

É claro que nao estou falando pra você esquecer sua vida social e passar todos seus momentos na frente de um livro ou de um computador estudando, mas é legal reservar sempre um tempinho para ficar inteirado sobre assuntos do momento ou mesmo sobre coisas que ainda possuem uma boa fatia do mercado. Também é legal manter um acervo de material de consulta sobre assuntos que você julgue interessante para sua carreira ou algo que você gostaria de aprender.

2 – Dos tipos de emprego

Bom, na minha breve carreira na informatica já trabalhei com os 3 tipos de contratação (Estagio, CLT e PJ) e vou comentar um pouco sobre eles…

Estagio – otimo para começar ou para fazer aquele esqueminha com a empresa nova logo depois de sair de um emprego CLT… hehehe… outra coisa boa é que vc tem direito a varios beneficios e eles nao são descontados do seu salario… se o seu estagio for pago por hora também é um bom negocio por que vc pode trabalhar a quantidade de horas que vc quiser e no final do mês vai tá lah o valor exato das suas horas multiplicado pelo valor que vc ganha… o unico ponto fraco na minha opinião é o fato de nao ter direito a FGTS, nem 13º e nem auxilio desemprego… não me informei muito sobre a nova lei de estagio, a unica coisa que sei é que tem férias e a carga horaria não pode passar de 30 horas semanais… portanto acho q acaba se tornando inviavel…

CLT – é o regime comun, onde vc tem direito aos beneficios basicos, INSS, FGTS, ferias, 13º etc… porem há um problema, quando seu salario começar a ficar legal você vai ter diversos descontos e isso vai acabar te deixando um pouco bravo… hehehehehe

PJ – bom, ainda não tenho muito conhecimento sobre essa modalidade, o pouco que sei vou tentar expressar aqui… é uma modalidade muito comum hoje em dia principalmente em consultorias que contratam “empresas prestadoras de serviço” pra trabalharem em seus clientes… vc precisa de um contador pra cuidar de todos os impostos e burocracias, o valor dos impostos a serem pagos é menor do que em um contrato CLT, porem vc nao vai ter beneficio nenhum e vai ter que arcar com todas as suas despesas… no final do mês ou dependendo da politica da empresa em que vc trabalha, vc precisará preencher uma nota-fiscal com as informações de horas trabalhadas e serviços prestados, e essa nota-fiscal sera recolhida pela empresa pois é atraves dela que será feito o seu pagamento.

3 – Do trabalho em si

Bom, vc pode escolher varias maneiras de trabalhar… seja por conta propria, seja em uma software house ou entao em uma consultoria…

todas tem seus pros e contras… eu jah trabalhei em softhouse e em consultoria e sinceramente… gosto mais da softhouse, é um lugar que não possui uma rotatividade de profissionais, portanto vc pode ter um colega de trabalho que vc conheça há muito tempo isso contribui com o trabalho em equipe e tambem com o relacionamento interpessoal… porem… em softhouses a tecnologia nao anda muito rapido e vc provavelmente vai trabalhar com algo de 5 anos ou mais…  em uma consultoria tudo voa na velocidade da luz, vc pode trabalhar hoje com algo um pouco antigo, porem amanha vc vai ser encaixado em um outro projeto que trabalha com uma tecnologia ainda em fase beta obrigando assim vc a se esforçar e estudar muito pra dar conta do trabalho, por que em uma consultoria TODOS os funcionarios são “analistas desenvolvedores senior master fodão of fucking hell” ehehhehe….

e tem que estar preparado pra aguentar a pressão! mas nem todos os empregos de consultor são assim tão dificeis… eu mesmo, até hoje nao tive uma experiencia ruim ou até mesmo stressante trabalhando como consultor, talvez tenha sido sorte, mas em todos os clientes que trabalhei era tudo muito lento, sossegado… e isso me irrita… auehaueheauheu

4 – das considerações finais

Bom, o mundo da programação é algo recompensador tanto do ponto de vista financeiro quanto do ponto de vista de satisfação, pois quem faz porque gosta se empolga quando vê seu site ou seu sistema sendo utilizado por varias pessoas e vendo os comentarios positivos a respeito… é bastante recompensador!

Portanto se você realmente gosta e quer virar um programador, se esforce… se valorize… e acima de tudo seja competente!

assim, vc vai conseguir tudo!

abs…

Mauricio

Anúncios